DECLARAÇÃO DE CAPITAIS BRASILEIROS NO EXTERIOR – CBE

DECLARAÇÃO DE CAPITAIS BRASILEIROS NO EXTERIOR – CBE

 O Conselho Monetário Nacional (CMN), no dia 30/07/2020 publicou a Resolução CMN 4.841, onde altera uma das regras de obrigatoriedade na entrega da Declaração de Capitais Brasileiros no Exterior – Declaração CBE – a partir de 1º de Setembro de 2020 a obrigação é devida pelas pessoas físicas e pessoas jurídicas, domiciliadas ou com sede no Brasil, que detenham ativos no exterior em valor igual ou superior a US$ 1.000.000,00 (Um milhão de dólares), em 31 de dezembro de cada ano. Anteriormente o valor mínimo era de US$ 100.000,00 (Cem mil dólares)

O prazo de entrega da CBE (anual) não foi alterado, inicia-se em 15 de fevereiro e encerra-se em 5 de abril de cada ano (Calendário fixo).

É importante salientar que, assim como a Receita Federal, o Banco Central também requer que os documentos comprobatórios dos bens declarados sejam guardados por 5 anos.

Lembramos que a multa pelo não cumprimento dessa obrigação pode chegar a R$ 250.000,00.

Permanecemos à disposição para quaisquer informações adicionais julgadas necessárias.

Clovis Abreu                                          Giovana Machado                                                Ricardo Jesus
Sócio IRPF                                               Sócia Perícia e Arbitragem                           Sócio IRPF
clovisabreu@abordin.com.br    giovanamachado@abordin.com.br       ricardojesus@abordin.com.br

2020-09-16T11:49:36+00:00 Insider|